Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Marquinhos Gabriel e Lucca devem assinar acordo nesta 2ª

Meia vai ser anunciado como reforço e atacante terá contrato

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

18 de abril de 2016 | 07h00

O Corinthians espera anunciar nesta segunda-feira a contratação do meia Marquinhos Gabriel, que esteve no Itaquerão no sábado, na vitória por 4 a 0 sobre o Red Bull, e também a renovação de contrato do atacante Lucca, autor de um dos gols da vitória que garantiu o time na semifinal do Campeonato Paulista. Marquinhos Gabriel chegou ao Brasil na sexta-feira e nesta segunda-feira acerta os últimos detalhes para assinar um contrato válido por quatro anos. O Corinthians pagará ao Al Nassr, da Arábia Saudita, R$ 10 milhões pelo jogador que recentemente teve passagens por Santos, na temporada passada, e Palmeiras. 

Quanto a Lucca, ele acertou um acordo válido por três temporadas e o Corinthians pagará R$ 5,5 milhões por 60% de seus direitos econômicos. O Criciúma ficará com 15% e o Cruzeiro, com 25%.

O jogador, inclusive, reclamou das notícias que foram divulgadas no período em que negociava a renovação. "Fiquei triste com algumas informações que foram divulgadas erradas, falando que eu estava pedindo um valor muito maior do que realmente pedi. Mas o bom é que tudo acabou bem e devemos oficializar tudo isso em breve", disse Lucca, que tem ganhado bastante espaço no time. Quem também deve sacramentar sua permanência no Corinthians nos próximos dias é o volante Bruno Henrique. Ele vai assinar um novo contrato, válido até o final de 2018. 

Quanto ao jogo de quarta-feira, contra o Cobresal, na Arena de Itaquera, Tite quer aproveitar a partida para tentar ganhar tempo em relação ao entrosamento da equipe. Por isso, pretende levar força máxima, mesmo com a classificação para as oitavas de final da Copa Libertadores assegurada e ter a semifinal do Paulista para jogar no próximo final de semana. "Vamos adiantar etapas. Em um jogo classificado, o que devemos fazer? Colocar pressão como se fosse uma semifinal e aproveitar essa partida para fazer o time ganhar amadurecimento", explicou o treinador corintiano. 

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebolCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.