Marrocos promete ajudar África do Sul

Derrotada na eleição para sede da Copa de 2010, Marrocos prometeu nesta segunda-feira ajudar a vencedora África do Sul na organização do evento, que acontecerá pela primeira vez no continente africano. "Agora que a competição acabou, em um verdadeiro espírito africano de irmandade e solidariedade, permita que nos alinhemos com a África do Sul, que é nosso representante no mundo do futebol", diz a nota oficial do governo marroquino.Na eleição de sábado, a África do Sul recebeu 14 dos 24 votos do Comitê Executivo da Fifa e recebeu o privilégio de organizar a Copa de 2010. Na ocasião, o rei Mohamed VI, do Marrocos, já tinha enviado uma carta ao presidente sul-africano, Thabo Mbeki, para felicitá-lo pela vitória de seu país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.