Miguel Schincariol
Miguel Schincariol

Revelação do Paulistão, Martinelli é o 'bilhete premiado' do Ituano

Atacante de apenas 17 anos é cobiçado por grandes clubes no Brasil e no mundo

Almir Leite, O Estado de S.Paulo

25 de março de 2019 | 04h30

Gabriel Martinelli, atacante de 17 anos do Ituano, é definido como um “bilhete premiado”. Destaque da última Copa São Paulo, artilheiro do Ituano no Paulistão com seis gols, habilidoso, com boa visão de jogo, logo deve dar um salto mais alto. Seu empresário garante ter recebido 25 sondagens pelo atleta.

Fato concreto é que Gabriel é o orgulho do Ituano tanto pelo aspecto técnico quanto por abrir a perspectiva de dar tranquilidade financeira ao clube, que passa por dificuldades comuns aos pequenos do País. “Ter um jogador tão cortejado é ótimo para clube e o atleta. É isso que a gente busca, cada vez mais jogadores da base se destacando no profissional”, diz Juninho Paulista, gestor do Ituano.

Ele sabe que não conseguirá manter Martinelli e ainda não tem noção exata de quanto receberá ao negociá-lo – o Ituano detém 100% dos direitos. Mas há uma certeza: o dinheiro que virá vai dar tranquilidade financeira ao clube por bom tempo.

“Ainda somos um clube deficitário, principalmente por não ter um calendário adequado no segundo semestre. Temos receita só no primeiro. Aí, chega nos últimos três, quatro meses do ano, a gente fica deficitário e tem de encontrar soluções”, explica Juninho. “No caso do Martinelli, a gente espera que possa, além de cobrir esses furos (orçamentários), ter mais uma temporada de custos pagos.”

Mas Juninho pondera: “Martinelli é exceção”. E revela um desejo: o de um dia o Ituano poder segurar as crias por algum tempo antes de repassá-las.

Tudo o que sabemos sobre:
ItuanofutebolGabriel Martinelli

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.