Divulgação
Divulgação

Martino dá chance a meia do Independiente na seleção argentina

Mancuello estará nos amistosos com El Salvador e Equador

Estadão Conteúdo

17 Março 2015 | 13h25

O técnico Gerardo Martino anunciou nesta terça-feira os últimos três nomes que completam a lista de 25 para os amistosos da seleção argentina no fim do mês, contra El Salvador e Equador, nos Estados Unidos. Entre eles, a principal novidade é o meia Federico Mancuello, chamado pela primeira vez para defender as cores do país.

Aos 25 anos, Mancuello é o principal destaque do Independiente, que é apenas o 11.º colocado do Campeonato Argentino após cinco rodadas disputadas. O jogador, no entanto, vem mostrando futebol há um bom tempo e no fim do ano passado chegou a despertar o interesse de clubes brasileiros. São Paulo e Flamengo foram especulados como possíveis destinos para ele, que preferiu permanecer em Avellaneda.

Mancuello ganhou uma chance graças à lesão do volante Fernando Gago, do Boca Juniors, que era o preferido de Martino mas sofreu um problema muscular na perna direita. Os outros dois nomes convocados nesta terça já eram esperado. O zagueiro Ramiro Funes Mori, também recebeu sua primeira chance na seleção, mas sua convocação já era dada como certa no país. Já o veterano Maxi Rodríguez, de 34 anos, é figura constante nos jogos da seleção.

Com estes três nomes, Gerardo Martino confirmou os 25 que pegarão El Salvador no próximo dia 28, em Washington, e Equador, três dias mais tarde, em New Jersey. A lista conta com um ataque de peso, composto por nomes como os de Messi, Higuaín, Tevez e Agüero.

Confira a lista completa de convocados da seleção argentina:

Goleiros: Nahuel Guzmán (Tigres), Sergio Romero (Sampdoria) e Gerónimo Rulli (Real Sociedad).

Defensores: Funes Mori (River Plate), Ezequiel Garay (Zenit), Pablo Zabaleta (Manchester City), Marcos Rojo (Manchester United), Facundo Roncaglia (Genoa), Mateo Musacchio (Villarreal), Lucas Orban (Valencia) e Nicolás Otamendi (Valencia).

Meio-campistas: Mancuello (Independiente), Maxi Rodríguez (Newell''s Old Boys), Javier Pastore (Paris Saint-Germain), Angel Di María (Manchester United), Lucas Biglia (Lazio), Roberto Pereyra (Juventus), Ever Banega (Sevilla), Enzo Pérez (Valencia) e Javier Mascherano (Barcelona).

Atacantes: Ezequiel Lavezzi (Paris Saint-Germain), Sergio Agüero (Manchester City), Gonzalo Higuaín (Napoli), Carlos Tevez (Juventus) e Lionel Messi (Barcelona).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.