Juan Mabromata/AFP
Juan Mabromata/AFP

Mascherano diz que se aposentaria da seleção se Argentina ficasse fora da Copa

País correu sérios riscos na reta final das Eliminatórias e só se garantiu na última rodada

Estadão Conteúdo

07 Novembro 2017 | 19h14

O volante Javier Mascherano revelou nesta terça-feira que teria se aposentado da seleção da Argentina se a equipe não tivesse obtido a vaga na Copa do Mundo de 2018. O time argentino correu sérios riscos na reta final das Eliminatórias e só se garantiu na Rússia na última rodada.

+ Sampaoli convoca Argentina e volta a deixar Higuaín fora de lista

"Muitos dos jogadores que aqui estão há algum tempo teriam se aposentado [da seleção]", declarou Mascherano. "Com certeza aconteceria uma mudança de ciclo, uma mudança de geração na equipe", disse o volante do Barcelona, que vem sendo reserva do time comandado atualmente pelo técnico Jorge Sampaoli.

Para Mascherano, a comissão técnica liderada por Sampaoli também ficaria em situação complicada para seguir na seleção, caso não tivessem conquistado a vaga na Copa. "Não somente os jogadores, mas também a comissão técnica ficaria em risco. Estaríamos falando de um novo ciclo com outros atletas, mas não pensando no Mundial e, sim, na Copa América de 2019."

O jogador lamentou a complicada campanha da Argentina nas Eliminatórias. "Foi uma situação muito diferente da que estamos acostumados. Normalmente, jogamos para vencer e, desta vez, praticamente jogamos para não perder", disse o volante.

"Foi um caminho muito duro, não apenas as últimas rodadas, mas também os últimos meses. Espero que possamos ter aprendido com o que se passou para construir agora algo que nos leve com mais certezas para junho do ano que vem", projetou o jogador, referindo-se ao mês da Copa da Rússia, em 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.