Reprodução
Reprodução

Mascote do São Bernardo é expulso no jogo do Palmeiras

Tigre estava imitando um porco em frente ao setor dos palmeirenses

O Estado de S.Paulo

23 Março 2015 | 11h00

A vitória do Palmeiras sobre o São Bernardo por 1 a 0, neste domingo, no Estádio 1º de Maio, foi marcada por uma cena inusitada. O tigre, mascote do time do ABC paulista, foi expulso no intervalo da partida, no momento em que os jogadores se preparavam para o reinício de jogo. O motivo da exclusão foi a imitação de um porco, exatamente em frente à torcida do Palmeiras. A atitude foi considerada como uma provocação aos palmeirenses. 

As câmeras da tevê flagraram o momento em que o árbitro Douglas Marques das Flores ordena a saída do profissional que estava vestido com uma fantasia de tigre. 

Dentro de campo, o Palmeiras venceu a partida graças a um golaço do zagueiro Vitor Hugo, que aproveitou sobra em escanteio e marcou de bicicleta. O Palmeiras está na liderança do Grupo 3, com 24 pontos e muito perto da classificação para a próxima fase do Campeonato Paulista. O São Bernardo continua na zona de rebaixamento do Estadual com apenas oito pontos, e pega a Portuguesa no dia 31, na próxima rodada. 

Mais conteúdo sobre:
Futebol Palmeiras mascote

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.