Materazzi assegura que tenta pedir desculpas a Zidane

Zagueiro italiano afirma a jornal que francês não quer saber dele, e diz estar 'em paz consigo mesmo'

01 de agosto de 2007 | 10h42

O italiano Marco Materazzi assegurou em declaraçõs à imprensa alemã publicadas nesta quarta-feira que tentou por várias vezes pedir desculpas ao francês Zinedine Zidane pelo incidente da final da Copa do Mundo de 2006 - quando o ex-jogador do Real Madrid acertou uma cabeçada no zagueiro da Azzurra -, mas que não teve qualquer resposta do meia.  "Estou em paz comigo mesmo, tentei me encontrar com Zidane várias vezes para deixar tudo em ordem, mas ele não quer. Aí é problema dele", declarou o zagueiro da Inter de Milão ao semanário Sport Bild.  "Está claro para a opinião pública que fui eu que o agredi primeiro [com xingamentos], mas fui punido da mesma forma que Zidane pela Fifa", explicou o jogador, que foi campeão do mundo com a seleção italiana na ocasião.

Tudo o que sabemos sobre:
MaterazziZidaneCopa do Mundo 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.