Materazzi é advertido por usar máscara de Berlusconi

Marco Materazzi, da Inter de Milão, foi advertido por usar uma máscara do primeiro-ministro italiano e dono do Milan, Silvio Berlusconi, depois do clássico milanês no domingo, informou a Liga de Futebol Italiana nesta terça-feira.

REUTERS

26 de janeiro de 2010 | 16h15

A Inter, que lidera a Série A, derrotou o Milan, segundo colocado, por 2 X 0 apesar de ter apenas nove jogadores. Após a vitória, Materazzi vestiu a máscara de borracha e correu em campo para comemorar.

O juiz da Liga havia banido o jogador holandês Wesley Sneijder de dois jogos, após receber cartão vermelho aos 27 minutos por aplaudir sarcasticamente um árbitro. O defensor Lucio foi banido por um jogo por interceptar uma bola com a mão.

(Reportagem de Paul Virgo)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTMATERAZZIBERLUSCONI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.