Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Mateus Vital considera injusta goleada do Corinthians e pede apoio de vascaínos

Na opinião do jovem meia, placar não condiz com a atuação das duas equipes na derrota vascaína por 5 a 2

Estadão Conteúdo

08 de junho de 2017 | 20h18

Em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, no Rio de Janeiro, o meia Mateus Vital, do Vasco, considerou injusto o placar elástico na derrota sofrida para o Corinthians, na noite de quarta, em São Januário. O jovem, de 19 anos, defendeu a atuação da equipe e projetou a recuperação na próxima rodada do Brasileirão.

"A derrota de ontem doeu bastante, perder do placar que foi, que não diz o que foi o jogo, mas foi alongado para dentro de casa. É começo de campeonato, temos muita oportunidade de mudar a situação. Temos outro jogo sábado e temos a chance de reverter a situação", analisou o jogador.

O Vasco voltará a jogar pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado, às 19 horas, contra o Sport, novamente em São Januário. Mateus Vital classifica a força da torcida cruzmaltina como fundamental para o clube alcance a terceira vitória em casa na competição.

"Espero que isso não aconteça (perder o apoio do torcedor). A torcida está sendo fundamental para nossas vitórias. Nos apoiou do começo até o fim. Espero que eles continuem vindo para nos dar apoio até o fim", enfatizou o jovem meia vascaíno, que voltará aos treinos junto com o restante do elenco na manhã desta sexta-feira.

Nesta quinta, os jogadores que atuaram durante os 90 minutos contra o time corintiano realizaram atividades regenerativas. Os demais fizeram trabalhos com bola no campo anexo no Complexo Esportivo de São Januário.

REFORÇO

O Vasco anunciou, também nesta quinta-feira, a contratação do zagueiro Lucas Rocha, de 21 anos, que atuava pelo Boavista, do Rio de Janeiro, e teve bom desempenho no último campeonato estadual. Nas divisões de base, o jogador passou por Palmeiras, Vitória e Ceará. Em 2016, Lucas Rocha defendeu o Bragantino e o Confiança, de Sergipe.

Tudo o que sabemos sobre:
VascofutebolVasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.