Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Mateus Vital e Lucca se destacam em jogo-treino do Corinthians

Meia e atacante comandam a goleada por 4 a 0 sobre o Nacional, no CT Joaquim Grava

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

30 Janeiro 2018 | 12h35

Os reservas do Corinthians venceram o Nacional, time da Série A-2 do Campeonato Paulista, por 4 a 0, nesta terça-feira, em jogo-treino realizado no CT Joaquim Grava. A partida contou com três tempos de 30 minutos e teve como destaque, as atuações de Mateus Vital – com um gol e uma assistência e Lucca – dois gols.

+ Tuma diz: 'Se a Caixa não aceitar a condição do Corinthians, vamos dar calote'

O Corinthians foi a campo com Caíque; Mantuan, Henrique, Léo Santos e Guilherme Romão. Renê Júnior, Camacho, Mateus Vital, Lucca e Emerson Sheik; Danilo. A equipe alvinegra abriu dois gols de vantagem logo no começo da partida e em gols bem parecidos. Mateus Vital cobrou falta para a área e Lucca desviou para colocar o time alvinegro na frente. Pouco depois, novamente Vital mandou para a área e a bola foi direto para o gol. Danilo tentou desviar, mas não chegou a tocar na bola.

No segundo tempo do jogo-treino, Carille mudou apenas o goleiro. Tirou Caíque e colocou Filipe. Lucca marcou mais um, após passe de Camacho e o próprio Camacho fechou o placar, depois de receber passe de Danilo. Durante a atividade, Camacho e Vital chegaram serem atendidos no gramado, com dores, mas se recuperaram rapidamente.

No terceiro e último tempo, Carille colocou um time formado por atletas que não serão utilizados, reforçados por Pedrinho e Carlinhos, inscritos no Paulistão. O time foi Maltos; Léo Príncipe, Yago, Carlos Augusto e Moisés; Jean; Pedrinho, Fellipe Bastos, Warian e Giovanni Augusto; Carlinhos. Com tal formação, o placar foi de 0 a 0.

Enquanto isso, os titulares do clássico com o São Paulo e mais alguns atletas – Júnior Dutra, Marquinhos Gabriel e Maycon, faziam um treino tático no gramado ao lado.  

 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.