Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Mateus Vital pode estrear pelo Corinthians diante da Ferroviária

Meia foi contratado por quatro temporadas depois de se destacar no Vasco

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

22 Janeiro 2018 | 19h19

O técnico Fábio Carille treinou uma equipe mista na tarde desta segunda-feira no CT Joaquim Grava na reapresentação da equipe após a goleada sobre o São Caetano por 4 a 0. A principal novidade da escalação do Corinthians foi o meia Mateus Vital, que poderá estrear diante da Ferroviária, quarta-feira, às 19h30, no Pacaembu. O principal objetivo do treinador é poupar os jogadores para o clássico diante do São Paulo, no sábado.

+ Após pênalti perdido, Jadson celebra gols e assistência diante do São Caetano

 O garoto de 19 anos assinou um contrato de quatro temporadas depois de se desligar do Vasco, onde estava desde os cinco anos de idade e era apontado como uma das promessas do clube carioca.

Com apenas nove jogadores de linha e o terceiro goleiro Filipe, que dificilmente será titular, Carille montou o Corinthians com: Filipe, Mantuan, Yago, Léo Santos e Guilherme Romão; Marquinhos Gabriel, Maycon, Mateus Vital e Lucca; Júnior Dutra. A escalação será definida depois da realização dos exames realizados pelos jogadores nesta terça-feira.

"Não sei o que o Carille fará no trabalho de amanhã, vi que na entrevista ele falou que terá mudanças. Amanhã ele deve conversar com o grupo. Independentemente de quem estiver em campo, temos que buscar a vitória. Sempre quero jogar, mas a comissão técnica e o pessoal tem o pensamento de poupar ou não. Contra o São Paulo, pode ser Paulista ou Brasileiro, clássico é clássico. Espero que possamos vencer", afirmou o meia Jadson, em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, no CT Joaquim Grava.

Dentre os inscritos no Paulistão, Camacho, Danilo, Pedrinho e Carlinhos ficaram fora do time nesta segunda-feira. O volante Renê Júnior e o atacante Emerson Sheik ainda aprimoram o condicionamento físico antes de estrearem. A comissão técnica descartou a escalação de Sheik no clássico. Já o zagueiro Henrique ainda aguarda seu contrato ser regularizado para começar a treinar em campo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.