Lucas Merçon/Fluminense
Lucas Merçon/Fluminense

Matheus Ferraz diz que Fluminense precisa se impor para evitar nova eliminação

No primeiro jogo, realizado em Mato Grosso, o Flu ficou no empate sem gols com o Luverdense

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de abril de 2019 | 19h23

O zagueiro Matheus Ferraz avaliou nesta segunda-feira que o Fluminense precisa se impor diante do Luverdense, terça-feira, às 19h15, no Maracanã, para evitar uma surpresa no confronto de volta da terceira fase da Copa do Brasil. Na semana passada, em Lucas do Rio Verde (MT), os times não saíram do 0 a 0.

"Lá, além do calor, o campo não ajudou para sair um bom futebol, mas o Luverdense se dedicou na marcação e criou bastante dificuldade para nossa equipe", disse o zagueiro. "No Maracanã é a nossa casa, onde temos tranquilidade e liberdade de fazer nosso trabalho com alegria e confiança, de poder jogar bola. Nossa cabeça tem que estar tranquila para fazermos um jogo seguro e com alegria", acrescentou.

Contratado antes do início da temporada 2019 após passagem pelo América-MG, Matheus Ferraz já se tornou titular absoluto do Fluminense, tanto que atuou em 19 dos 20 duelos do time no ano, sendo que começou atuando em 18.

"Todo jogador tem que se preparar bem para quando surgir a oportunidade. Agradeço a Deus por ter tido essa oportunidade desde o começo, de estar desenvolvendo meu futebol aqui no Fluminense. Sei que preciso de mais ainda, quero melhorar a cada dia para ajudar meus companheiros e evoluir", disse o zagueiro de 34 anos.

Na véspera de mais um confronto mata-mata, Matheus Ferraz tentou deixar no passado a eliminação no Campeonato Carioca, sábado, diante do rival Flamengo, com empate por 1 a 1, num clássico em que o time chegou a abrir vantagem, mas sofreu o gol que provocou a sua eliminação aos 23 minutos do segundo tempo.

"Temos que seguir trabalhando, focados no que queremos nos campeonatos, não vamos ficar lamentando. Temos uma decisão agora, um jogo muito difícil em que temos que estar muito preparados e concentrados para sair classificados", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.