Lucas Uebel/ Grêmio
Lucas Uebel/ Grêmio

Matheus Henrique é diagnosticado com covid-19 e vai desfalcar o Grêmio

Volante terá de cumprir 14 dias de isolamento até retornar ao time gaúcho

Redação, Estadão Conteúdo

22 de outubro de 2020 | 19h00

O Grêmio ganhou um desfalque de última hora para enfrentar o América de Cali, pela Copa Libertadores, nesta quinta-feira, em Porto Alegre. O volante Matheus Henrique testou positivo para a covid-19 e fica em quarentena por 14 dias.

Matheus Henrique é o quarto jogador do Grêmio a ser diagnosticado com o vírus nas últimas semanas. Antes dele, a doença havia sido detectada nos zagueiros Pedro Geromel e Kannemann e o armador Jean Pyerre.

Além do duelo que vale a primeira colocação da chave da Libertadores, o jogador deve desfalcar o Grêmio outras quatro vezes. Por causa do período de quarentena, ele não jogará no Brasileirão diante de Atlhetico-PR e Bragantino e nos duelos das oitavas de final da Copa do Brasil diante do Juventude.

Os torcedores gremistas lamentaram muito o diagnóstico. O time caiu de rendimento na temporada justamente no período que perdeu Matheus Henrique por causa de lesão muscular.

Diante do América de Cali, Lucas Silva e Maicon estão confirmados no meio. A briga pela vaga de Matheus Henrique deve ficar entre Robinho e Darlan. O técnico Renato Gaúcho já não tinha o meia Alisson, que sofreu lesão no ligamento do tornozelo, diante do São Paulo, e para por três semanas.

Com 10 pontos na liderança do Grupo E, o Grêmio já está garantido nas oitavas de final da Copa Libertadores e precisa da vitória para não depender do resultado do rival Internacional, com 8. Para avançar em primeiro. Os colombianos, com 5, ainda tem remotas chances de classificação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.