Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

Matheus Jesus realiza exames médicos e deve ser anunciado pelo Corinthians

Volante já passou pelo Santos e disputou o Paulistão pelo Oeste

João Prata, O Estado de S.Paulo

11 de abril de 2019 | 11h30

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, deu como certa a contração do volante Matheus Jesus, que passou pelo Santos em 2017 e disputou o Campeonato Paulista deste ano pelo Oeste. Será a 12ª contratação do clube na temporada.

"É um jogador que interessa, não sei se já fez exames. Questão de tempo para jogar no Corinthians", afirmou o mandatário. O jogador esteve na quarta-feira na clínica do médico Joaquim Grava para realizar exames médicos. 

O jogador realizou exames cardiológicos e ortopédicos na quarta-feira na clínica do médico do Corinthians Joaquim Grava e foi aprovado. Agora falta apenas assinar contrato. A contratação é um pedido do técnico Fábio Carille, que em uma declaração recente chegou a compará-lo com Paulinho, ex-Corinthians, e hoje no futebol chinês.  "Me lembra um pouquinho o que aconteceu com o Paulinho em 2010. Ele fez seis ou sete gols no Bragantino. Agora o Matheus tem seis ou sete pelo Oeste. Um volante fazer tantos gols é para chamar atenção de várias equipes", disse. 

Revelado pela Ponte Preta, Matheus Jesus passou pelo Santos em 2017 e poucos meses depois foi negociado com o Gamba Osaka, do Japão. Na sequência, atuou pelo Portimonense, de Portugal, e retornou no início do ano para o Oeste. 

A chegada de Matheus Jesus é o início de uma reformulação que deve acontecer para o Campeonato Brasileiro. A diretoria ainda não comenta abertamente, mas alguns jogadores sem espaço devem ser negociados, como os atacantes André Luis e Gustavo Mosquito, além dos meio-campistas Sergio Díaz e Angelo Araos.

O Corinthians se prepara para a decisão do Campeonato Paulista contra o São Paulo. A primeira partida acontecerá neste domingo, às 16h, no estádio do Morumbi. A volta está marcada para o dia 21, em Itaquera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.