Mato Grosso pode ter dois campeões

O campeonato mato-grossense de futebol pode ter dois campeões este ano. Uma polêmica no tapetão pode levar a Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) a dividir o título. O pleno do Tribunal de Justiça Desportiva da FMF decidiu hoje, por 4 votos a 3, anular a partida Mixto e Juventude, disputada no dia 14 de julho, no Estádio Verdão. Na primeira final do campeonato que ocorreu dia 14 de julho, o Juventude ganhou o jogo por 3 a 1, mas o Mixto teve um gol legítimo anulado, em cobrança de pênalti em dois lances. De acordo com o artigo 315 do CBDF a partida deve ser anulada. A decisão é inédita no meio esportivo e deve criar uma jurisprudência no caso. Embasado em ´Erro de Direito´ do árbitro Jamil Rodrigues, o Mixto conseguir reverter a situação e provar que o gol é válido. A segunda partida da decisão, que seria disputada em Primavera do Leste, não ocorreu porque o TJD entende que a competição estava sob-júdice, mas o WO foi mantido e o Mixto perdeu 3 pontos. O TJD acolheu o recurso do Mixto determinando a realização da primeira partida novamente. A decisão contrariou o parecer do procurador do TJD, Antonio Carlos Velloso Vieira Marcondes, que usou os mesmos argumentos do time de Primavera do Leste para contestar o erro de direito, admitido pelo árbitro da partida. A direção do Juventude de Primavera do Leste anunciou logo após o julgamento que vai recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), com sede no Rio de Janeiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.