Matonense a uma rodada do alívio

A Matonense aguarda a última rodada do Campeonato Paulista para finalmente respirar aliviada e deixar para trás o rebaixamento à Série A-2 da competição. Com 17 pontos e ocupando a 12ª colocação, o time de Matão é, entre os ameaçados, o que tem menos chances de ser rebaixado para a segunda divisão.Os dirigentes do clube, que passaram as últimas duas semanas fazendo contas, acreditam que o time não vai cair para a Série A-2. "A situação é complicada para todos, mas temos uma grande chance de escapar", afirma o presidente Antonio Aparecido Galli.Para não ser rebaixado, o time precisa conquistar apenas um ponto diante da Inter de Limeira, concorrente direto. O jogo será em Limeira e este fato não assusta ninguém. "Estamos em ascensão e não tememos nenhum adversário. Temos um bom time e vamos escapar do rebaixamento. Pelo menos nós jogadores vamos lutar para isso", promete o meia Ranielli.O maior problema da Matonense está em vencer um desafio. Em todos os cinco jogos disputados fora de casa, o time não venceu nenhum deles no tempo normal. Como o jogo em Limeira é decisivo, os dirigentes da Matonense devem oferecer um incentivo extra aos seus jogadores. Depois da goleada sobre a Portuguesa Santista, por 5 a 0, cada jogador recebeu a importância de R$ 1 mil como gratificação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.