Matonense acerta patrocínio para 2002

Duas semanas depois de frustradas as negociações para a renovação de contrato com Fischer - empresa que produz suco de laranja - a diretoria da Matonense conseguiu acertar um patrocinador para suas camisas na temporada de 2002. O clube, da cidade de Matão, que disputa a Primeira Divisão do futebol paulista, definiu acordo com a fábrica de biscoitos ?Dunga Biscoitos?. Pelo acordo, a empresa vai repassar R$ 50 mil por mês ao clube. "Em cima deste dinheiro e de outras arrecadações, é que vamos fazer o planejamento para o Campeonato Paulista", explicou o presidente Antonio Aparecido Galli, eufórico com o sucesso da negociação. Há duas semanas o dirigente ficou preocupado quando não conseguiu renovar o contrato com a Fischer. "Os valores dos contratos são absolutamente iguais", comemorou Galli. A Dunga Biscoitos já teve uma experiência bem sucedida no futebol, ano passado, quando colocou sua logomarca nas camisas do Araçatuba, integrante da Série A-2 - a segunda divisão paulista. "Justamente, por isso, vamos buscar o retorno no futebol, mas agora num clube mais forte e mais tradicional", argumentou o diretor José Carlos Piva, que intermediou todas as negociações. Ele espera, porém, conseguir retorno com o investimento de aproximadamente R$ 400 mil durante o primeiro semestre de 2002. "Esperamos aproveitar esta boa relação", comentou Egberto Peretti, presidente da empresa. A Matonense vai disputar o Campeonato Paulista da Série A-1, que em 2002 vai ter apenas 12 participantes, uma vez que não contará com a presença dos grandes clubes - Palmeiras, São Paulo, Corinthians e Santos - e outros cinco convidados: Guarani, Ponte Preta, Portuguesa, Etti Jundiaí e Botafogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.