Matonense luta para quebrar tabu

Precisando vencer para escapar da lanterna do Campeonato Paulista da Série A-1, a Matonense tem outro motivo forte para derrubar a Ponte Preta, neste domingo, em Matão. Desde 1997, a Matonense não vence o adversário, que passou o ano passado em ampla vantagem dentro do retrospecto. "Acima de qualquer tabu, nós precisamos aproveitar a chance de atuar em casa para vencer", argumentou o técnico Mauro Fernandes, que venceu o Corinthians, por 3 a 2, na sua estréia no comando do time, que soma apenas quatro pontos em sete jogos.O primeiro confronto entre ambos aconteceu em fevereiro de 1997, com vantagem da Matonense, por 3 a 2. Ano passado os clubes se encontraram quatro vezes pelo Paulistão, com duas vitórias da Ponte e dois empates. O último deles, ocorrido em 23 de abril, teve um sabor amargo para o time de Matão que empatou o jogo em 2 a 2, perdendo a classificação à segunda fase da competição. O gol de empate do time campineiro saiu aos 45 minutos do segundo tempo, marcado por Luis Fabiano, atualmente no São Paulo.Para este jogo, a principal novidade será a estréia do lateral direito Cafu, emprestado pela Portuguesa de Desportos. Wilson Goiano e Piá Carioca, laterais titulares, estão suspensos com dois cartões amarelos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.