Matonense pode ter estádio interditado

A diretoria da Matonense ainda está preocupada, mesmo depois de o time ter conseguido a primeira vitória no Campeonato Paulista, contra o Corinthians, por 3 a 2, pela quinta rodada da competição. Os dirigentes não admitem uma possível interdição do estádio Hudson Buck Ferreira.Esse problema existe por causa da invasão de alguns torcedores e de uma pedrada que o árbitro Wilson Luiz Seneme levou na partida contra o Corinthians. Normalmente, estes incidentes causam a interdição do estádio."Não temos nada a ver com isso. Quem invadiu o campo foi a torcida do Corinthians, não a nossa. Se interditarem o campo vai ser uma atitude injusta", afirma o presidente da Matonense, Antônio Aparecido Galli.Mesmo se eximindo da culpa, os dirigentes da Matonense já estão preparados para tomar alguma atitude caso isso venha a acontecer. O árbitro da partida declarou, logo após o jogo, que não conseguiu identificar de onde veio a pedra que o atingiu.Os jogadores e a comissão técnica retornam ao trabalho na manhã desta terça-feira. O próximo jogo será no sábado, em casa, diante do São Paulo. O técnico Mauro Fernandes vibrou bastante por sua estréia vitoriosa e acredita que, agora, terá fôlego para colocar em prática seu estilo de jogo. "O grupo é muito bom e se superou diante do Corinthians. Tenho certeza de que vamos melhorar em breve", comentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.