Matonense: prêmio para evitar queda

A diretoria da Matonense anunciou nesta quarta-feira que irá aumentar o prêmio pago aos jogadores caso eles consigam salvar o time do rebaixamento para a Série A-2 do Campeonato Paulista. O prêmio foi oferecido pelo presidente Antônio Aparecido Galli em uma reunião realizada com os principais jogadores do elenco : Gílson Batata, Washington e Ranielli. A Matonense é a última colocada no Campeonato Paulista da Série A-1, com apenas sete pontos ganhos em 9 jogos.Nesta mesma reunião o presidente aproveitou para cobrar dos jogadores mais empenho e, principalmente, raça. "O time precisa ter dignidade. Eles são homens e não podem deixar a situação ficar como está", diz o dirigente, tentando mexer com os brios do time. Este discurso já tem sido adotado há duas semanas. Outra pessoa que está seguindo a mesma linha é o técnico Fito Neves.Ele se apresentou ontem e começou seu trabalho numa conversa com os jogadores, explicando sua filosofia de trabalho. "Espero que eles tenham assimilado um pouco do que pedi. O resto virá durante os treinamentos e acredito que vamos conseguir salvar a equipe do rebaixamento", afirma o treinador.Nesta quarta-feira ele começa a montar o time que jogará no domingo diante do Botafogo. Mesmo com a volta do lateral Piá Carioca, Fito Neves não poderá contar com o volante Guará, suspenso. Como precisa vencer, a tendência é que ele arme um esquema mais ofensivo, colocando Gílson Batata no meio e formando a dupla de ataque com Grafite e Cris.Para estimular a torcida a comparecer ao jogo, a diretoria resolveu manter a promoção de R$ 2 para quem comprar o ingresso antecipado. Essa promoção valerá até sábado. No domingo, dia do jogo, o ingresso custará R$ 3.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.