Orlando Kissner/AE - 1/3/2006
Orlando Kissner/AE - 1/3/2006

Matthaeus recusa oferta para comandar Racing

Técnico teria recusado a oferta do time argentino através de uma mensagem de texto

AE-AP, Agência Estado

28 de outubro de 2009 | 11h19

O treinador alemão Lothar Matthaeus anunciou nesta quarta-feira ter recusado a oferta para comandar o Racing, da Argentina. A negociação já durava alguns dias, parecendo até que haveria um acordo entre as duas partes, mas o técnico revelou que chegou ao fim sem sucesso.

Segundo o jornal alemão Bild, que entrevistou um empresário envolvido na negociação, Matthaeus teria recusado a oferta do Racing através de uma mensagem de texto de telefone celular. O treinador não confirma essa história, mas já anunciou em seu site que não houve acordo.

Durante o último fim de semana, Matthaeus chegou a dizer que viajaria nos próximos dias para a Argentina, a fim de acertar os detalhes finais do negócio. E o Racing já comemorava a contratação. Mas o treinador desistiu do emprego, sem explicar suas razões.

Matthaeus, de 48 anos, foi um dos maiores jogadores da história da Alemanha. Como treinador, no entanto, ele não tem feito sucesso. Chegou até a ter uma rápida e frustrante passagem pelo Atlético-PR. E comandou também Rapid Viena, Partizan Belgrado e a seleção húngara.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.