Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Mattos descarta vinda de Geromel, mas admite contato pelo zagueiro Gil

Diretor palmeirense, no entanto, nega que clube esteja atualmente em negociações para chegada ou saída de atletas

Ciro Campos, O Estado de S.Paulo

18 Janeiro 2018 | 22h40

O diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, negou nesta quinta-feira existir negociações do clube tanto para saídas como para chegadas de jogadores. Após a vitória do time por 3 a 1 sobre o Santo André, pelo Campeonato Paulista, o dirigente disse na zona mista do estádio que a única proposta recebida por um atleta alviverde foi do futebol chinês pelo atacante Dudu, investida que foi recusada.

+ Lucas Lima comemora estreia no Palmeiras e prevê melhora

"Não estamos contratando nenhum jogador neste momento, nem o Ricardo Goulart. Falei com ele por telefone no fim do ano passado, ele é meu amigo, assim como o empresário dele também", afirmou o dirigente. Mattos admitiu ter interesse na contratação do jogador ex-Cruzeiro, mas disse ser difícil apostar que Goulart conseguirá a liberação de contrato com o Guangzhou Evergrande, da China.

Mattos descartou a possibilidade de contratar o zagueiro Geromel, do Grêmio. "O Palmeiras não fez e nem fará nenhuma proposta pelo Geromel. Já sabemos que o Grêmio não vai negociar. O Palmeiras não foi para Porto Alegre, não conversou com o empresário do Geromel. O Palmeiras não vai entrar em bola dividida", afirmou. O diretor contou ter sondado a possibilidade de trazer o zagueiro Gil, do Shandong Luneng, da China, possibilidade que foi vetada pelo empresário do defensor.

O dirigente afirmou que o elenco não recebeu propostas por outros jogadores, exceto da China por Dudu, porém abriu a chance de algumas novidades chegarem. "O Palmeiras está muito feliz com o que tem, mas está aberto a possibilidades", afirmou. Nos bastidores o clube trabalha para negociar com o Fluminense a ida de alguns atletas, para compensar o imbróglio criado com a contratação de Gustavo Scarpa.

Mais conteúdo sobre:
futebol Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.