Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Mattos vê Amaral como substituto para o lugar de Gabriel no Palmeiras

Dirigente minimiza chegada de 25º reforço ao clube

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

26 de agosto de 2015 | 07h02

O Palmeiras acertou nesta terça-feira a contratação do volante Thiago Santos, do América-MG e chegou a 25 contratações na temporada. O jogador chegou para tentar suprir a ausência de Gabriel, que sofreu uma lesão no joelho e só retorna aos gramados no ano que vem. O fato de já ter contratado 24 jogadores anteriormente e se ver obrigado a ir atrás de mais um nome no mercado não é encarado como falta de planejamento pelo diretor de futebol, Alexandre Mattos. Segundo ele, o substituto de Gabriel já está no elenco alviverde.

"Até pouco tempo falavam que tinham muitos jogadores no elenco. A verdade é que temos sim reposição. O Amaral jogou por oito anos no Goiás e foi capitão, o Andrei Girotto é uma promessa e o Gabriel chegou também como uma aposta, que rapidamente se tornou realidade. O Palmeiras não vai parar se for preciso. Vamos atrás e não vamos contratar no desespero, mas sim, dentro de um projeto", disse o dirigente.

Para reforçar a confiança em Amaral, Mattos diz que alguns clubes chegaram a sondá-lo recentemente. "O Palmeiras tem seus volantes bem definidos. Teve umas quatro ou cinco equipes que vieram atrás do Amaral", contou. Sobre a chegada de Thiago Santos, disse que é pensando no futuro. "Estamos acertando mais uma contratação de um jogador jovem e com futuro", disse. 

Ao falar sobre uma possível negociação de Leandro Pereira com o futebol belga, Mattos negou qualquer contato e ainda revelou que outros jogadores também foram sondados. "Oficialmente, não chegou nada pelo Leandro Pereira. Chegam sondagens o tempo inteiro e não só para ele. Alguém liga e fala que tem proposta pelo jogador. Antes do Gabriel se machucar, o próprio Barrios teve isso também, assim como o Leandro, Vitor Hugo, Lucas e o Gabriel. Mas não tem nenhum documento oficial pelo Leandro. Se chegar, a gente discute com o presidente", explicou.

Apesar das declarações positivas em relação ao volante, o fato é que Thiago Santos chega ao Palmeiras para ser titular. O jogador de 25 anos assinou contrato até 2018 e tem como característica a forte marcação como primeiro volante, justamente o que tinha Gabriel. O novo reforço alviverde chegou a atuar com Andrei Girotto na Série B do ano passado e deve reeditar a dupla. 

Para o jogo com o Cruzeiro, a tendêcia é que Amaral e Andrei permaneçam na equipe. A definição da equipe, mais uma vez, é um mistério. O técnico Marcelo Oliveira resolveu fechar o último treinamento antes da partida válida pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Mais conteúdo sobre:
PalmeirasFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.