Sérgio Castro/Estadão
Sérgio Castro/Estadão

Mattos nega reforços no Palmeiras: 'Temos qualidade e quantidade'

Dirigente diz que elenco alviverde está fechado

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2015 | 16h12

Após 24 reforços contratados na temporada, o Palmeiras “fechou a torneira” e não deve contratar mais ninguém até o fim da temporada. Pelo menos é o que promete o diretor de futebol, Alexandre Mattos, que após a apresentação do atacante Lucas Barrios, deixou claro que sequer negocia com algum jogador no momento.

“Os campeonatos são muito desgastantes. Há uma rotatividade enorme por causa de lesão e cartão. No caso do Barrios, vamos perdê-lo alguns jogos por causa de convocação para as Eliminatórias. O Alecsandro não pode jogar a Copa do Brasil (já defendeu o Flamengo), assim como o Leandro Almeida (atuou pelo Coritiba). São muitas situações que podem fazer a possibilidade de todos atuarem”, disse o dirigente.

Mattos também assegura que ninguém deve sair. Vale lembrar que das 24 contratações, duas até já deixaram o clube, casos dos meias Alan Patrick e Ryder. “Se falava muito que o Palmeiras tinha uma possível lista de saída de jogadores. Isso não aconteceu e não acontecerá. Só se aparecer alguma coisa proveitosa para o clube e para o atleta”, avisou. “Nós queremos qualidade com quantidade”, completou.

Em relação a contratação de Barrios, o dirigente admitiu que foi uma contratação bem difícil de ser feita. “Quando chegou a possibilidade, eu, sinceramente, via uma dificuldade enorme. Foi uma coincidência de fatores, entre eles o desejo do atleta retornar e ficar perto da família, que é de Buenos Aires. E também o que representa essa camisa e esse projeto que conseguimos vender para ele”, comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.