Mau começo no Paulistão começa a preocupar a Ponte

Com apenas três pontos conquistados nas primeiras três rodadas do Campeonato Paulista, começam a acender os primeiros sinais de alerta na Ponte Preta. Menos pelos maus resultados, mais porque o futebol mostrado pela equipe até agora não dá ao torcedor esperança de que o panorama vai melhorar. O técnico Wanderley Paiva já admite que falta criatividade no meio-de-campo. Parece também ter ficado evidente a carência em algumas posições, como nas laterais e também nas meias. ?Continuamos trabalhando?, assegura o diretor de futebol Sebastião Arcanjo. Por enquanto, Paiva vai ter que se virar com o que dispõe no elenco. Para o jogo contra o São Bento, sábado, às 18h10, no Estádio Moisés Lucarelli, o desfalque será o zagueiro Zacarias, suspenso com três cartões amarelos. Émerson, ex-Portuguesa e São Paulo, fará sua estréia. Outro que pode aparecer pela primeira vez é o lateral-direito Johnathan, que entraria na vaga de Dionísio, eterno prata-da-casa e que já não conta com o apoio da torcida. Na tarde desta quinta-feira houve um treino tático, que será repetido na sexta-feira cedo. Em seguida, o time deve ser confirmado. Pela manhã, a diretoria apresentou os novos membros da comissão técnica do departamento amador. Entre eles o ex-goleiro Sérgio Guedes, que defendeu a própria Ponte e o Santos e vai dirigir o time de juniores, e Evair, ex-centroavante do Guarani e do Palmeiras, que será o coordenador do setor. ?Vamos trabalhar para a entidade?, prometeu Guedes. Evair foi recebido sem problemas, apesar dos protestos da Torcida Jovem, há três semanas, que o rejeitava por ter sido revelado no arqui-rival Guarani.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.