Mauro Fernandes pede demissão e deixa o Criciúma

O Criciúma está em busca de um novo treinador para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Após a derrota para o ASA por 3 a 1, na última sexta-feira, em Arapiraca (AL), pela 24.ª rodada, Mauro Fernandes entregou o cargo. Alguns nomes já são especulados, como os de Argel Fucks e Márcio Goiano.

AE, Agência Estado

17 de setembro de 2011 | 20h34

A decisão de Mauro Fernandes foi tomada ainda na sexta, mas ele comunicou a diretoria apenas neste sábado. Enquanto o clube não acerta a contratação de um novo comandante, Wilson Vaterkemper, que dirige as categorias de base do clube catarinense, ficará como interino.

Mauro Fernandes foi contratado durante a Série B para a vaga deixada por Guto Ferreira, que por sua vez tinha substituído a Edson Gaúcho. O técnico chegou com o objetivo de levar o time à elite nacional, mas teve um desempenho pífio. Foram nove jogos, sendo quatro derrotas, três vitórias e dois empates.

Argel Fucks, que faz a sua despedida do Caxias-RS na Série C neste domingo, está cotado. Ele subiu o Criciúma da Série C para a Série B no ano passado. Márcio Goiano, sem clube desde que foi demitido pelo Goiás no início do mês, também é opção.

Com 34 pontos, o Criciúma é o nono colocado na tabela de classificação. Na próxima sexta-feira, pela 25.ª rodada, vai enfrentar o Boa, em Varginha (MG).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCriciúmaMauro Fernandes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.