Divulgação/Portuguesa
Divulgação/Portuguesa

Mauro Fernandes pede planejamento da diretoria para reerguer a Portuguesa

Treinador exaltou o patrimônio e a grandeza do time paulista

O Estado de S.Paulo

27 de junho de 2017 | 20h04

Após a eliminação precoce na fase de grupos da Série D do Campeonato Brasileiro - a quarta divisão nacional -, o técnico Mauro Fernandes falou sobre a situação vivida pela Portuguesa. Ele exaltou o patrimônio do time paulista e afirmou que a responsabilidade pelo atual momento vivido pelo clube não é dele e nem dos jogadores.

"Cheguei no clube há 20 dias e, neste período, fiquei encantado com o patrimônio da Portuguesa. Um time com essa grandeza não poderia estar nessa situação. Antes do jogo, falei para os jogadores que não somos responsáveis por essa situação, mas temos a responsabilidade de tirá-la de lá. Infelizmente não conseguimos desta vez", disse o treinador.

A não ser que consiga se classificar através da Copa Paulista deste ano, a Portuguesa não participará de nenhuma competição nacional na próxima temporada. O treinador pediu para que a diretoria realize um planejamento para fazer um caminho inverso ao que levou a equipe da elite do futebol brasileiro, em 2013, à eliminação na primeira fase da Série D, em 2017.

"Torcedor é paixão pura. É o clube, a segunda pele. E ver o time na situação que está é difícil falar algo para ele. A diretoria precisa parar, se reunir e fazer um planejamento, porque não teve critério. Quando cheguei, vi um time com 10 volantes e só um lateral esquerdo. Isso é descabível para um clube das tradições da Lusa", afirmou Mauro Fernandes.

A torcida da Portuguesa iniciou uma campanha, através das redes sociais, que pede a terceirização do futebol do clube. A empresa alvo da campanha é a Red Bull, dona de cinco clubes de futebol pelo mundo e que patrocina diversos esportes. O Red Bull Brasil, com sede em Campinas (SP), não se posicionou quanto a possibilidade de uma parceria.

Isso parece ser apenas uma possibilidade distante. Mais real é a estreia do time na Copa Paulista, marcada para o próximo dia 4, uma terça-feira, às 20 horas, no estádio do Canindé, em São Paulo, contra a Portuguesa Santista.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCanindéPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.