Mauro Galvão pode ser impedido de entrar na Suíça

As autoridades suíças informaram nesta terça-feira que o ex-jogador brasileiro Mauro Galvão poderá ser impedido de entrar no país. O motivo alegado seria que Galvão teria trabalhado sem permissão para uma televisão pública da Suíça durante o Mundial da Alemanha. Mauro Galvão, que já atuou pelo Lugano, clube do futebol suíço, entre os anos de 1990 e 1996, desembarcou na Suíça no início de junho e acertou contrato para comentar os jogos da Copa com a rede de televisão da região de Ticino. Assim que percebeu que o ex-jogador possuía um visto de turista e estava em situação ilegal no país, a rede de televisão demitiu Galvão e o denunciou às autoridades suíças. O brasileiro já estava sendo investigado desde a sua primeira passagem na Suíça - o fisco local alega que o jogador possui uma dívida de cerca de 148 mil euros. Além de jogar na Suíça pelo Lugano, Mauro Galvão fez sucesso no futebol brasileiro pelo Botafogo e pelo Grêmio.

Agencia Estado,

11 Julho 2006 | 13h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.