Maxi López diz que Grêmio assimilou ideias de Autuori

A chegada do técnico Paulo Autuori foi procedida da eliminação na Copa Libertadores e de alguns resultados ruins no Campeonato Brasileiro. O time parecia que se desestabilizaria, mas aos poucos encaixou bons jogos, subiu na classificação e já está na sétima colocação do Campeonato Brasileiro. Para o atacante argentino Maxi López, os bons resultados representam que o grupo assimilou as ideias ''europeias'' de Autuori.

AE, Agencia Estado

20 de julho de 2009 | 20h57

"Com o tempo e a participação de todos, vamos jogando com mais naturalidade. A ideia do Paulo é de tocar bem a bola e ter muita movimentação. E o grupo assimilou, é uma forma de jogo europeia e o time vai se entrosando bem", destacou Maxi López.

Embora reconheça a melhora, o argentino destacou alguns pontos falhos da equipe, sobretudo a instabilidade emocional. Para ele, o Grêmio não pode ter jogadores expulsos como constantemente vêm acontecendo.

"Ainda há pontos em que temos que melhorar, corrigir algumas coisas, mas o time vai jogar ainda melhor. Há erros que não podem acontecer. Desta vez terminamos o jogo com os 11, que já foi muito importante. Não perder um jogador, ainda mais como visitante, é fundamental", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGrêmioMaxi López

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.