Divulgação/Shakhtar Donetsk
Divulgação/Shakhtar Donetsk

Maycon se despede do Corinthians e já almeja títulos no Shakhtar Donetsk

Volante posta mensagem em redes sociais antes de assinar contrato com o clube ucraniano

Estadao Conteudo

17 Junho 2018 | 17h34

O volante Maycon se despediu do Corinthians e foi apresentado no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, neste domingo. Por meio de suas redes sociais, ele deixou uma mensagem aos torcedores corintianos pouco antes de assinar contrato e dizer as suas primeiras palavras ao chegar no clube ucraniano.

+ Com série negativa, técnico promete reforços e Corinthians mais forte após Copa

+ Maycon dá adeus ao Corinthians com derrota e se diz 'triste pelos últimos jogos'

+ Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

"Obrigado por me fazer sonhar quando pequeno em um dia jogar e ganhar títulos com essa camisa! Obrigado por me dar o prazer de representar milhões, no maior clube do Brasil! Tudo que vivi nesse clube levarei em meu coração, foram 9 anos de muito amor e respeito a essa camisa", declarou o jogador em seu perfil no Instagram.

No Shakhtar Donetsk, ele escolheu a camisa 8, que já usava no Corinthians, disse que o clube ucraniano é muito conhecido no Brasil - em razão dos vários brasileiros que lá atuam -, garantiu que está focado em seu novo time e já chegou com grandes ambições.

"Estou muito feliz e neste momento estou focado em provar meu valor no Shakhtar. Quero fazer sucesso aqui", disse. "Meu maior sonho é conquistar o máximo de títulos possíveis aqui. Não vou esconder que quero ganhar a Liga dos Campeões, o sonho de todo jogador de futebol", completou.

O Shakhtar Donetsk é conhecido por apostar em talentos brasileiros, muitos dos quais são vendidos por altas cifras para times maiores do futebol europeu. No atual elenco, com Maycon e Fernando - este também foi contratado recentemente, junto ao Palmeiras - o clube tem nove jogadores do "país do futebol".

"Conheço o Dodô (lateral-direito ex-Coritiba), o Dentinho, com quem joguei no Corinthians, Taison e Ismaily, além do Marlos e do Alan Patrick, que jogaram no Brasil na mesma liga que eu", lembrou Maycon.

Cria da base corintiana, onde chegou aos 12 anos, Maycon teve a sua venda ao futebol europeu concretizada em abril, por 6,6 milhões de euros (cerca de R$ 27,6 milhões) - o Corinthians já recebeu R$ 14 milhões. Em um ano e meio no profissional do time alvinegro, disputou 107 jogos, marcou oito gols e foi peça fundamental do técnico Fabio Carille nas conquistas do Campeonato Paulista (2017 e 2018) e do Campeonato Brasileiro (2017).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.