Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Maycon volta e Henrique pode ser desfalque do Corinthians na Argentina

Volante retorna na vaga de Renê Júnior e zagueiro passará por exames antes de encarar o Independiente

O Estado de S.Paulo

17 de abril de 2018 | 17h58

O Corinthians tem apenas uma dúvida para enfrentar o Independiente nesta quarta-feira, às 21h45, em Avellaneda, pela Copa Libertadores. O zagueiro Henrique se recupera de uma pancada na cabeça e ainda não tem presença em campo assegurada.

+ Meia é dispensado pelo Londrina e retorna ao Corinthians

+ Fagner destaca entrosamento como diferencial na Libertadores

+ Depois de Roger, Corinthians busca mais reforços experientes

"O Henrique está melhor do que estávamos esperando. Vamos ver como vai acordar amanhã (quarta-feira), já que ele está um pouquinho travado ainda. Por ele e pelos médicos, tem tudo para acordar bem. Se acaso não acordar bem, Pedro Henrique joga", antecipou o técnico Fábio Carille.

A grande novidade do time é a presença de Maycon entre os titulares. Renê Júnior foi titular na partida contra o Fluminense graças à possível saída de Maycon para o Shakhtar Donetsk. Mas Carille entende que o jogo contra o Independiente é um caso excepcional.

"Preciso trazer outros jogadores porque há a possibilidade de saída dele, para ver meu grupo, Renê necessita de ritmo de jogo e não é numa Libertadores que darei ritmo, por isso a volta de Maycon", explicou.

Assim, o time corintiano vai a campo com Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique (Pedro Henrique) e Sidcley; Ralf, Maycon, Jadson e Rodriguinho; Romero e Clayson.

O Corinthians fez um treino no CT do Racing, rival do Independiente, e depois foi até o estádio Libertadores de América, palco da partida. O clube brasileiro lidera o Grupo G da Libertadores com quatro pontos. O time de Fábio Carille empatou com o Millonarios, por 0 a 0, e derrotou o Deportivo Lara por 2 a 0.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.