Cesar Greco/Palmeiras
Cesar Greco/Palmeiras

Mayke sofre entorse no tornozelo direito e desfalca o Palmeiras no Paulistão

Exames não detectaram fratura, mas lateral ficará ausente por um tempo após a lesão no clássico com o Santos

Ricardo Magatti, O Estado de S.Paulo

14 de março de 2022 | 15h51

O lateral-direito Mayke recebeu uma notícia que o deixou aliviado, de certa forma, nesta segunda-feira. A cena de sua lesão no clássico com o Santos domingo, no Allianz Parque, foi feia, mas não houve fratura. O jogador do Palmeiras passou por exames na Academia de Futebol que apontaram entorse no tornozelo direito.

Mayke começou entre os titulares do Palmeiras na vitória por 1 a 0 sobre o Santos e foi substituído por Marcos Rocha na etapa final, depois de se machucar em disputa de bola com Lucas Braga. A cena impressionou porque mostra o pé direito do atleta preso no chão.

O Palmeiras não informou o tempo de recuperação do jogador, mas é improvável que ele volte a tempo de defender o time na reta final do Campeonato Paulista. O lateral vinha tendo chances entre os titulares porque Abel Ferreira tem rodado o elenco em algumas partidas no Campeonato Paulista.

Marcos Rocha é o titular da posição. Sem Mayke, o jovem Gustavo Garcia, campeão da Copinha, torna-se o reserva imediato do setor. O zagueiro chileno Kuscevic e o meio-campista Gabriel Menino também já atuaram na lateral direita.

No departamento médico, Mayke se junta a Luan, que se recupera de lesão na coxa esquerda, e Patrick de Paula, em recuperação de entorse no tornozelo esquerdo. Gabriel Menino está no período de transição para voltar a jogar. 

Único invicto no Campeonato Paulista e dono da melhor campanha entre os 16 times do torneio, com 26 pontos, o Palmeiras tem como próximo compromisso o clássico com o arquirrival Corinthians, quinta-feira, às 20h30, no Allianz Parque, em duelo atrasado da sexta rodada. A arena palmeirense receberá o maior público do ano, uma vez que já foram vendidos mais de 36 mil ingressos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.