Ali Haider/Efe
Ali Haider/Efe

Mazembe vence o Pachuca e encara o Internacional no Mundial

Bedi fez o gol do 1 a 0 no primeiro tempo e garantiu a vaga na semifinal nos Emirados Árabes

AE, Agência Estado

10 de dezembro de 2010 | 16h23

ABU DABI - O Mazembe, atual vencedor da Liga dos Campeões da África, será o adversário do Internacional nas semifinais do Mundial de Clubes. Nesta sexta-feira, a equipe congolesa surpreendeu o Pachuca, do México e campeão da Concacaf, e venceu por 1 a 0, em partida disputada na cidade de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. O jogo que valerá uma vaga na decisão será disputado no dia 14 de dezembro.

Veja também:

MUNDIAL DE CLUBES - Calendário/Resultados

Com a vitória desta sexta-feira, o Mazembe já superou a campanha de 2009, quando terminou na sexta colocação ao acumular derrotas para Pohang Steelers, da Coreia do Sul, e Auckland City, da Nova Zelândia. Já o Pachuca ficou em sexto lugar em 2007 e na quarta colocação em 2008.

Na partida desta sexta-feira, o time mexicano assustou aos 18 minutos ao acertar a trave em finalização de Manso. Mas foi o Mazembe que abriu o placar. Aos 21 minutos, Kabangu passou para Bedi, que chutou forte, colocando o time do Congo em vantagem. Depois, o Mazembe conseguiu conter o Pachuca no restante da primeira etapa.

No segundo tempo, a equipe mexicana acertou o travessão em chute de Martinez aos 16 minutos. O time do Congo, porém, conseguiu equilibrar o jogo e chegou a ameaçar a meta defendida pelo goleiro Calero. Mas a expulsão de Sunzu, aos 36 minutos do segundo tempo, obrigou o Mazembe a recuar.

Assim, o Pachuca se lançou ao ataque nos minutos finais e pressionou o Mazembe. O goleiro Kidibaba, porém, fez boas defesas e garantiu a vitória por 1 a 0 e a classificação do Mazembe para as semifinais do Mundial de Clubes.

MAZEMBE - 1 - Kidiaba; Kasusula, NKulukuta, Sunzu e Kimwaki; Mihayo Ekanga (Kasongo), Bedi e Kaluyituka (Kanda); Kabangu (Tshani) e Singuluma. Técnico: Lamine N''Diaye.

PACHUCA - 0 - Calero; López, Aguilar, Muñoz e Mustafá; Torres (Brambila), Luna (Gomez), Carlos (Benítez) e Manso; Arizala e Cvitanich Técnico: Pablo Marini.

Gol - Bedi, aos 21 minutos do primeiro tempo; Cartões amarelos - Kasongo, Sunzu, Bedi e Mihayo (Mazembe); Cartão vermelho - Sunzu (Mazembe); Renda - Não disponível; Público - 17.960 torcedores; Local - Estádio Mohamed Bin Zayed, em Abu Dabi (Emirados Árabes Unidos).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.