Kirill Kudryavtsev/AFP Photo
Kirill Kudryavtsev/AFP Photo

Mbappé é poupado em último treino da França antes de semifinal da Copa

Seleção francesa realizou treino de reconhecimento do gramado com o elenco separado entre titulares e reservas

Ciro Campos, enviado especial/São Petersburgo, O Estado de S.Paulo

09 Julho 2018 | 14h02

A seleção da França não treinou completa nesta segunda-feira na última atividade antes da semifinal da Copa do Mundo, marcada para terça-feira, contra a Bélgica, em São Petersburgo. A comissão técnica poupou um dos principais jogadores do time, o atacante Kylian Mbappé, do trabalho da tarde desta segunda no estádio da partida, porém a tendência é o atleta estar em campo.

+ Dier diz que Inglaterra ainda não alcançou o sucesso na Copa: 'Queremos mais'

+ Antes de semifinal, goleiro francês afirma que Bélgica é a melhor equipe da Copa

+ Deschamps põe pressão em Henry, auxiliar da Bélgica: 'Vai enfrentar sua nação'

Autor de três gols nesta Copa do Mundo, o francês de 19 anos não foi a campo no treino de reconhecimento em São Petersburgo. A seleção francesa permitiu que apenas os 15 primeiros minutos fossem abertos aos jornalistas, período em que o elenco realizou um aquecimento com o elenco separado entre reservas e os titulares, que realizaram uma atividade mais leve, para minimizar o desgaste.

A ausência de Mbappé, a princípio, não preocupa a França. O técnico Didier Deschamps comentou em entrevista coletiva antes do treino que teria o elenco inteiro à disposição, sem se preocupar com problemas como lesões ou suspensões. A equipe só deve ter uma alteração em comparação à formação da última partida, com a saída do meia Tolisso para o retorno do meio-campista Matuidi, que ficou fora do jogo com o Uruguai para cumprir suspensão.

Os demais titulares participaram normalmente da atividade. O treinador tem mexido pouco no time de um jogo para outro na Rússia e explicou na entrevista que tem procurado diminuir a carga de trabalho. O objetivo é diminuir desgastes físicos e cuidar de atletas que têm apresentado dores musculares pelo excesso de jogos ao longo da temporada europeia, como foi o caso do meia Pogba.

 

A possível formação da França para a semifinal com a Bélgica deve ter: Lloris; Pavard, Varane, Umtiti e Hernandez; Kanté, Matuidi e Pogba; Mbappé, Griezmann e Giroud. O jogo em São Petersburgo terá início às 15h (de Brasília) nesta terça-feira.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.