Reuters
Reuters

Mbappé garante que permanece no PSG: 'Quero títulos e ser o melhor do mundo'

Real Madrid e Liverpool foram alguns dos clubes comentados que poderiam levar o atacante

Redação, Estadão Conteúdo

22 de julho de 2020 | 10h50

Um dos maiores destaques do Paris Saint-Germain nos últimos anos, ao lado do brasileiro Neymar, o atacante francês Kylian Mbappé revelou que não vai deixar o time da capital da França tão cedo, mesmo com especulações sobre sua transferência para Real Madrid ou Liverpool. O jogador de 21 anos quer ganhar títulos com a equipe e ainda ser escolhido o melhor do mundo.

"Tenho apenas a dizer que estou aqui, que vou fazer o meu quarto ano neste projeto. Isso é um recado para todo mundo... diretores, torcedores. Vou continuar no PSG, aconteça o que acontecer. Quero ajudar o time a ganhar títulos e ser o melhor do mundo", afirmou Mbappé em entrevista à TV BeIN Sports.

O nome de Mbappé apareceu em uma possível lista de reforços do técnico francês Zinedine Zidane para integrar o elenco do Real Madrid na próxima temporada. E o alemão Jurgen Klopp, comandante do Liverpool, já disse gostar muito do estilo de jogo do francês. Seu contrato com o Paris Saint-Germain vai até junho de 2022 - mesmo mês de Neymar, outro sendo cogitado fora do clube da capital francesa.

"Os cinquenta anos do PSG são um ano importante para o clube, para os torcedores, para todos. Então estarei aqui aconteça o que acontecer", disse Mbappé, que chegou ao Paris Saint-Germain em 2017, vindo do Monaco. "Vou tentar trazer de volta troféus com a equipe e dar o melhor de mim", concluiu o jogador campeão da Copa do Mundo de 2018 com a seleção da França.

O atacante já disputou 33 jogos na temporada 2019/2020, anotando 30 gols. Ele se prepara para as decisões da Copa da França (neste sábado contra o Saint-Étienne) e da Copa da Liga Francesa (no próximo dia 31 contra o Lyon) e para a fase final da Liga dos Campeões da Europa, que será de 12 a 23 de agosto em Lisboa, capital de Portugal. O Paris Saint-Germain enfrentará a Atalanta, da Itália, em jogo único pelas quartas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.