Thomas Frey|EFE
Thomas Frey|EFE

McLaren acerta retorno de Pat Fry para comandar engenharia da equipe

Ex-Ferrari vai substituir Matt Norris

Estadão Conteúdo

05 Setembro 2018 | 14h06

Em uma semana movimentada para a McLaren, a equipe inglesa fez mais um anúncio. Sem conseguir encontrar outras opções no mercado, contratou Pat Fry, que estava desempregado e havia atuado no time entre 1993 e 2010.

A chegada de Fry é mais um passo para renovar o comando do time, na esteira das mudanças ocorridas nos últimos meses nos bastidores da McLaren. Ele vai substituir Matt Norris, que fazia parte do grupo que vinha sendo dispensado pelo time, ao lado de Éric Boullier e Tim Goss.

A primeira opção da McLaren para ocupar esta função era James Key, atual diretor-técnico da Toro Rosso. A negociação, contudo, não avançou. Existe a possibilidade ainda de Key ser contratado pelo time inglês para a temporada 2019.

Pat Fry não atuava na Fórmula 1 desde sua passagem pela equipe Manor. Antes disso, foi o número dois da engenharia da Ferrari entre os anos de 2010 e 2014. Na McLaren, Fry havia trabalhado em diferentes posições na mesma área.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.