Felipe Araújo/Estadão
Felipe Araújo/Estadão

Média de público do Corinthians no Pacaembu aumenta

Nas primeiras 21 partidas deste ano, mesmo caindo na Libertadores, a média de público é de 26 mil torcedores

MARCIO DOLZAN, Agência Estado

29 de julho de 2013 | 10h54

SÃO PAULO - A torcida do Corinthians está cada vez mais presente ao Pacaembu. Nem mesmo a eliminação precoce do time na Libertadores (caiu nas oitavas de final) e a campanha ainda titubeante no Campeonato Brasileiro são capazes de afastar o torcedor do estádio. Em relação ao ano passado, o público dos 21 primeiros jogos do ano no Pacaembu subiu. Contando com os 33.336 pagantes do clássico de domingo com o São Paulo, o Corinthians já arrastou mais de meio milhão de torcedores ao estádio, uma marca significativa.

A média de público em casa neste ano é de aproximadamente 26 mil pagantes, 17% superior ao mesmos número de jogos do ano passado, quando faturou a Libertadores. O detalhe curioso é que, em 2012, houve três partidas a mais pela competição sul-amerticana nas fases de quartas de final, semifinal e decisão, jogos que, somados, levaram 115 mil pagantes ao Pacaembu.

Nesta temporada, o Corinthians jogou quatro partidas no Paulo Machado de Carvalho válidas pela Libertadores. Foram três pela fase de grupos e uma pelas oitavas de final. Na estreia em casa, contra o Millonarios, a torcida foi impedida de assistir ao jogo por causa da punição imposta pela Conmebol após a morte do garoto Kevin Espada, na Bolívia. Apenas quatro pagantes foram ao estádio, e isso graças a uma liminar obtida na Justiça. Apesar disso, a média de público pagante do Corinthians na competição acabaria sendo de 25.630 torcedores.

AUMENTO

O que ajudou a levantar a estatística de público corintiano foi o Campeonato Paulista. Nos 11 jogos que disputou como mandante, o Corinthians levou ao estádio 23,9 mil torcedores por jogo, público 40% superior ao do Paulistão de 2012. Comparado a todos os times que disputaram estaduais pelo Brasil, a equipe só teve média inferior à do Cruzeiro, que conseguiu mobilizar 24.532 por jogo no Mineirão - há de se levar em conta o fato de o estádio mineiro ser novo e, certamente, mais atraente para o público.

Nem mesmo o fato de atuar nas duas primeiras partidas em casa com times reservas (os titulares voltaram apenas na quinta rodada devido às férias pós-Mundial de Clubes) afastou o torcedor: os borderôs dos jogos contra Ponte Preta e Mogi Mirim, juntos, apontaram 37.625 pagantes.

À exceção do jogo sem torcida pela Libertadores, a partida que levou menos público ao Pacaembu foi o confronto com a Penapolense, pela 15ª rodada do Paulistão. Naquele jogo, 12.866 torcedores pagaram para assistir ao empate em 1 a 1. Por outro lado, Corinthians 1 x 1 Boca Juniors foi assistido por 36.319 pagantes, o maior público até agora da temporada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansbrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.