Médico da Itália confirma que Nesta está fora da final

O médico da seleção italiana, Enrico Castellacci, disse nesta terça-feira que o zagueiro Alessandro Nesta "não está em condições de jogar a final" entre Itália e França, marcada para domingo, em Berlim, às 15 horas (horário de Brasília). Nesta, de 30 anos, ainda se ressente de uma lesão no músculo adutor da perna direita, que o deixou de fora das três últimas partidas (e vitórias) da Itália, diante da Austrália (1 a 0), Ucrânia (3 a 0) e Alemanha (2 a 0, na prorrogação). O jogador do Milan se contundiu no jogo contra a República Checa, ainda pela primeira fase, em que a Itália venceu por 2 a 0 e ficou em primeiro lugar no grupo E. Assim, Marco Materazzi, que o substituiu naquele jogo, e depois nas partidas contra Austrália e Alemanha, deverá ser escalado no próximo domingo, junto com o capitão Fabio Cannavaro. Diante da Ucrânia, o lugar de Nesta foi ocupado por Andrea Barzagli, já que Materazzi teve de cumprir suspensão por ter sido expulso contra a Austrália. Nesta vem tendo azar com contusões em Copas do Mundo: em 1998, na França, ele se contundiu gravemente no segundo jogo da primeira fase, contra a Áustria; em 2002, no Mundial da Coréia do Sul e Japão, uma lesão o impediu de jogar contra a Coréia do Sul, na partida que marcou a eliminação da Itália daquele Mundial. O zagueiro tinha esperanças de se recuperar a tempo de ainda jogar nesta Copa, e chegou a lembrar o caso de Franco Baresi, que se lesionou no início do Mundial dos Estados Unidos, em 1994, foi operado e voltou à equipe na final, contra o Brasil. "O Baresi voltou de contusão na final e não conseguiu ser campeão. Espero que comigo o final da história seja diferente", afirmou, logo após a confirmação da lesão.

Agencia Estado,

06 Julho 2006 | 09h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.