Médico dá 'pequena esperança' para Beckham ir à Copa

O médico finlandês que irá operar nesta segunda-feira o inglês David Beckham, que rompeu o tendão de Aquiles durante partida do Milan no último domingo, pelo Campeonato Italiano, afirmou que há um "pequena esperança" de o jogador disputar a Copa do Mundo de 2010.

AE-AP, Agencia Estado

15 de março de 2010 | 09h37

O cirurgião Sakari Orava admitiu que Beckham pode não conseguir se recuperar a tempo de disputar a competição na África do Sul, que começa daqui a menos de três meses, mas ressaltou que o astro não pode descartar essa possibilidade. "Há um pequeno vislumbre de esperança viva aqui", afirmou Orava, em entrevista para uma emissora de TV finlandesa.

Orava, que já operou astros do esporte como os corredores Frank Fredericks, Merlene Ottey e Haile Gebreselassie, afirmou que "milagres médicos" já aconteceram anteriormente e que há casos de atletas que passaram pelo mesmo tipo de cirurgia e conseguiram jogar futebol de alto nível apenas três meses depois.

O cirurgião ainda acrescentou que a recuperação de Beckham "dependerá muito de quanto e exatamente onde foi rasgado o tendão de Aquiles". "Isso terá um grande impacto no resultado final e sobre quando a pessoa (Beckham) está pronta para treinar de forma dura".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBeckhamcirurgiaCopa do Mundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.