Médico de Maradona é condenado

O médico colombiano Hernando Maurício Vergara Castillo, que ficou conhecido por ter Maradona como paciente, foi condenado a cinco anos de prisão por tráfico de droga. O médico se encontra preso desde o dia 11 de novembro do ano passado, quando foi detido com dois quilos de cocaína. Além da pena de prisão, ele foi condenado a pagar multa de US$ 72 mil. Vergara considerou-se culpado no processo, mas garantiu que o dinheiro que possui não é proveniente do tráfico. Disse ainda que não tem como pagar o valor da multa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.