Médico de Maradona preso com droga

O médico colombiano Mauricio Vergara, que no ano passado atendeu o argentino ex-jogador Diego Maradona durante um programa de desintoxicação de drogas, foi preso, nesta quarta-feira, pela polícia de Cali quando se preparava para viajar a Buenos Aires com dois quilos de cocaína. De acordo com o coronel Alvaro Caro, comandante da polícia, Vergara foi preso por agentes antinarcóticos no Aeroporto Alfonso Bonilla Aragón de Cali (515 quilômetros de Bogotá), pouco antes de embarcar em um vôo com escala no Panamá e com destino final em Buenos Aires.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.