Médico desmente saída de Basile do comando da Argentina

Técnico da seleção argentina continua no comando, apesar de rumores sobre sua saúde

EFE

25 de outubro de 2007 | 19h00

O médico do técnico Alfio Basile, Roberto Paladino, desmentiu, nesta quinta-feira, os rumores de que o comandante da seleção argentina esteja deixando o comando da equipe por problemas de saúde.   A informação, que ganhou espaço nas últimas horas na imprensa argentina, "é uma grande mentira", declarou Paladino à emissora "TyC Sports".   "Basile não tem nada, está perfeito. Não tem problema algum", disse o médico. "Além disso, Basile é hipocondríaco, pergunta de tudo cada vez que lhe dói algo", encerrou.

Tudo o que sabemos sobre:
EliminatóriasArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.