Marcelo Del Pozo/Reuters
Marcelo Del Pozo/Reuters

Médico diz que cirurgia de Marc Márquez foi bem-sucedida, mas retorno é incerto

Piloto espanhol sofreu acidente durante prova da MotoGP no último domingo

Redação, Estadão Conteúdo

21 de julho de 2020 | 12h02

Dois dias depois de sofrer um acidente a quatro voltas do final da etapa da Espanha de MotoGP, a primeira da temporada de 2020, o piloto espanhol Marc Márquez passou nesta terça-feira por uma cirurgia para estabilizar a fratura no braço direito. O procedimento no hospital Universitário Dexeus, em Barcelona, foi conduzido pelo médico Xavier Mir, que afirmou que tudo foi bem-sucedido.

O piloto da Honda fraturou o braço em uma forte queda na saída da curva 3 na 22.ª das 25 voltas da etapa da Espanha, disputada no circuito de Jerez de la Frontera. Marc Márquez vinha em uma prova de recuperação após ter caído para a 16.ª colocação ainda no início da corrida.

"Depois de sofrer uma queda forte no domingo, Marc Márquez foi diagnosticado com uma fratura no úmero direito e viajou para Barcelona na segunda-feira, para o hospital Universitário Dexeus. Dr. Xavier Mir e sua equipe, em colaboração com Dr. Barrera fizeram uma redução aberta e fixação interna com uma placa de titânio no úmero direito. O nervo radial estava intocado e não precisou de intervenção", disse a Honda, nesta terça-feira, em um comunicado oficial.

"Marc agora está se recuperando de uma cirurgia bem sucedida e vai permanecer no hospital por até 48 horas. A meta dele é voltar ao Mundial 2020 o mais cedo possível, com uma data de previsão de retorno ficando clara em breve", completou a equipe.

Chefe da Honda, Alberto Puig falou que agora é hora de ter paciência para esperar pela recuperação de Marc Márquez. "Todo mundo que corre no Mundial tem a infeliz possibilidade de se machucar e ter de passar pelo centro cirúrgico. Infelizmente, foi a nossa fez e foi Marc quem teve de passar por cirurgia. Marc vai tirar algum tempo para se recuperar, mas estamos felizes com a forma como tudo correu. O Dr. Mir e sua equipe cuidaram de toda a situação desde a queda e fizeram uma cirurgia bem-sucedida", afirmou.

Na segunda-feira, falando a uma TV italiana antes da cirurgia, Xavier Mir revelou que a meta era o piloto espanhol voltar na etapa da República Checa, no circuito de Brno, na corrida marcada para o dia 9 de agosto.

A Honda optou por não substituir Marc Márquez na corrida deste fim de semana - a etapa da Andaluzia, novamente em Jerez de la Frontera. Assim, Álex Márquez, irmão mais novo de Marc, será o único piloto da equipe.

Tudo o que sabemos sobre:
MotoGP [motovelocidade]Marc Márquez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.