Rodolfo Buhrer/Gazeta do Povo
Rodolfo Buhrer/Gazeta do Povo

Médico do Corinthians descarta fratura em Ronaldo

Paulo de Faria afirma que o Fenômeno teve apenas uma contusão no tórax na partida contra o Atlético-PR

Agencia Estado

30 de abril de 2009 | 00h55

Ronaldo deu um grande susto na torcida corintiana nesta quarta-feira. Após um choque com Márcio Azevedo, do Atlético-PR, ele deixou o campo no intervalo do jogo com suspeita de fratura na costela. Mas os exames já realizados detectaram que a lesão não é grave.

Veja também:

linkCorinthians perde para o Atlético-PR na Copa do Brasil

tabela Copa do Brasil - Calendário / Resultados

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Está doendo pra caramba", admitiu Ronaldo, na saída de campo, durante o intervalo do jogo em que o Corinthians perdeu por 3 a 2 para o Atlético-PR, na Arena da Baixada, pela Copa do Brasil. Ele, então, seguiu direto para fazer exames num hospital de Curitiba.

"Para tranquilizar o torcedor, foi apenas uma contusão no tórax. Ele fez radiografia e não foi constatada fratura na costela. Tem as dores, mas ele já superou lesões muito piores", disse o médico do Corinthians, Paulo de Faria, ao comentar sobre o caso de Ronaldo.

De qualquer maneira, Ronaldo pode ser o grande desfalque corintiano na decisão do Campeonato Paulista, domingo, diante do Santos, no Pacaembu. Resta saber como ele irá se recuperar das dores num curto espaço de tempo e se terá condições de suportar um jogo decisivo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.