Médico do Uruguai garante que Suárez está 'muito bem'

Se anteriormente havia dúvidas sobre a plena recuperação de Luis Suárez, elas não existem mais após a vitória do Uruguai sobre a Inglaterra, na última quinta-feira, quando o atacante marcou os dois gols da seleção sul-americana pela segunda rodada do Grupo D da Copa do Mundo. E o diagnóstico pós-jogo o chefe da equipe médica da seleção, Alberto Pan, é de que o jogador do Liverpool, que há menos de um mês passou por uma artroscopia no joelho direito, está "muito bem".

AE, Agência Estado

20 de junho de 2014 | 15h26

"Suárez terminou muito cansado a partida, inclusive com cãibras. Mas, com os trabalhos de recuperação, ele está muito bem e não será um problema para o próximo jogo", analisou, se referindo ao confronto contra a Itália, na última rodada da fase de grupos, que vai definir o futuro das duas seleções no Mundial no Brasil.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta na base de treinamentos em Sete Lagoas, em Minas Gerais, Alberto Pan trouxe também uma má notícia. Segundo o médico, o zagueiro e capitão Diego Lugano continua sentindo dores e com uma inflamação no joelho esquerdo, o que dificilmente o colocará à disposição do técnico Oscar Tabárez para a partida decisiva contra os italianos. "(Lugano) Se mantém em tratamento fisioterápico e esperamos sua evolução, mas é difícil que participe do próximo jogo", disse.

Já sobre a situação do lateral-esquerdo Álvaro Pereira, que chegou a desmaiar após um choque com a cabeça em uma dividida na partida contra a Inglaterra, Pan disse que "para encerrar o caso" vai realizar ainda nesta sexta um último raio X de crânio no atleta. "Não houve nenhuma consequência neurológica negativa, mas queremos ter certeza absoluta de que o jogador está bem", afirmou.

Tanto Uruguai quanto Itália perderam as partidas diante da surpresa Costa Rica e nesta terça, na Arena das Dunas, em Natal, vão brigar pela segunda vaga do Grupo D, apelidado de "grupo da morte". Com a vitória desta sexta sobre os italianos, os costa-riquenhos garantiram uma das vagas para as oitavas de final e ainda tiraram todas as chances de classificação da Inglaterra.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolUruguai

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.