Médicos atestam: Narciso está curado

Narciso já está recuperado da doença que o afastou do futebol por mais de um ano. Depois de ter sofrido um transplante de medula óssea, por causa de uma leucemia mielóide diagnosticada no início de 2000, o jogador do Santos passou por uma bateria de exames na semana passada, em Curitiba, onde ele havia feito a cirurgia, e foi liberado pelos médicos. Agora, o atleta planeja voltar a se exercitar, mas, por enquanto, ainda não há nenhuma previsão para o seu retorno aos gramados.Narciso está visitando parentes em Aracaju (SE) e já manifestou o desejo de retomar suas atividades físicas dentro de 20 dias, de forma lenta e sempre acompanhada pelos médicos que o operaram, já que ele ficou um ano e meio sem fazer qualquer tipo de exercício. Segundo o seu procurador, Luiz Alberto Araújo, não há planos para o seu retorno aos gramados. "Ninguém pode antecipar ainda se ele terá condições de voltar a jogar futebol. Mas, de qualquer forma, a recuperação da doença tem que ser comemorada", disse o agente.História - O tratamento de Narciso foi acompanhado de perto não só pelos torcedores do Santos, mas também por boa parte da população santista, que torceu pelo seu restabelecimento. Até promessas e fotografias do atleta foram colocadas na Capela da Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat, padroeira da cidade.A escolha de um doador compatível foi a maior dificuldade enfrentada pelos médicos do jogador. Mas, uma das irmãs de Narciso, que reside no interior de Sergipe, tinha condições de ser a doadora e o transplante de medula óssea foi realizado no dia 5 de maio de 2000. A cirurgia foi considerada um sucesso, mas o atleta teve sérios problemas pós-operatórios. Ele enfrentou rejeição e, inclusive, precisou retornar à Curitiba para novas sessões de quimioterapia. Já no final do ano passado o volante do Santos dava mostras de que o tratamento estava dando certo, o que acabou sendo comprovado agora, com sua liberação médica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.