Médicos do Sporting avaliarão Jardel

Pela segunda vez em uma semana, o atacante brasileiro Jardel será convocado pelo Sporting de Lisboa, a ser submetido a uma avaliação psicológica por médicos indicados pelo clube. Na primeira semana de agosto, Jardel teria sido internado em uma clínica para tratamento psicológico por estar emocionalmente abalado por conta da separação de sua mulher, Karine. Com isso, ele não se apresentou ao clube e ficou de fora da fase preliminar da Liga dos Campeões da Europa e de outros compromissos do clube. Ocorre que os dirigentes constataram que ele não havia sido internado e o acusaram de estar adiando a apresentação para ganhar tempo e articular sua transferência para um outro clube da Europa. Os dirigentes da equipe portuguesa esperam que Jardel seja submetido a novos exames até, no máximo, sexta-feira. Na próxima segunda completa um mês de ausência e a partir desta data, lembram eles, o pagamento de salário pode ser suspender e o clube pode acionar o jogador por abandono de emprego. Jardel afastou-se do Sporting ao retornar de férias do Brasil, no final de julho, depois de participar de apenas um treino com a equipe, alegando problemas pessoais. Ele está se separando da esposa Karen Ribeiro e teria entrado em depressão. Na semana passada, uma emissora de rádio chegou a anunciar a transferência de Jardel para o Barcelona, nas os dois clubes desmentiram a informação.

Agencia Estado,

19 Agosto 2002 | 10h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.