Médicos que atenderam Morosini serão investigados

Os médicos responsáveis pelos primeiros atendimentos a Piermario Morosini, jogador italiano que morreu em campo em abril deste ano, serão investigados pela Justiça local. Morosini, do Livorno, sofreu um ataque cardíaco durante partida contra o Pescara, pela segunda divisão da Itália, e acabou não resistindo.

AE, Agência Estado

10 de setembro de 2012 | 18h01

Ernesto Sabatini, médico do Pescara, Manlio Porcellini, do Livorno, e Vito Molfese, médico da Emergência local da cidade de Pescara, serão investigados por suposta negligência. Após a morte, o trio foi criticado por não ter utilizado um desfibrilador para recuperar a atividade cardíaca do atleta.

O quadro de saúde de Morosini foi agravado ainda dentro de campo porque a ambulância que o conduziria até o hospital estava bloqueada por um carro de polícia. Uma janela do carro precisou ser quebrada para sua remoção e posterior deslocamento da ambulância.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMorosinimédicosinvestigação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.