Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Meia argentino Cañete deve acertar rescisão com o São Paulo

Jogador está no clube desde 2011, sem conseguir se firmar

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

24 de abril de 2015 | 17h36

O São Paulo deve confirmar nos próximos dias a rescisão de contrato com o meia argentino Marcelo Cañete. O jogador chegou ao clube em 2011 e por nunca ter conseguido uma sequência de jogos, foi emprestado para outros times e, inclusive, disputou o Campeonato Paulista pelo São Bernardo.

Cañete chegou ao clube badalado pelo início no Boca Juniors, onde era comparado a Riquelme, e também pela boa boa passagem pelo Universidad Católica, do Chile. Apresentado pelo São Paulo em agosto de 2011, sofreu uma grave lesão no joelho esquerdo e precisou ficar quase um ano parado.

Em 2012, participou do elenco campeão da Copa Sul-Americana e na temporada seguinte foi emprestado para a Portuguesa. No ano passado, o então técnico Muricy Ramalho decidiu colocar o jogador para treinar separado do restante do elenco, em Cotia. Logo depois o argentino teve a chance de atuar pelo Náutico, na Série B.


Com o fim da participação do São Bernardo no Campeonato Paulista, o meia voltou a ficar à disposição do São Paulo. Porém, nenhum clube demonstrou interesse na sua contratação. Cañete fez 23 jogos pelo clube e de salários receberia até o fim do ano cerca de R$ 1 milhão do time do Morumbi. 

Nesta sexta-feira o São Paulo também rescindiu o contrato com o zagueiro Antônio Carlos. O defensor jogou apenas uma vez no ano e sequer era relacionado para as partidas. O destino dele será o Fluminense. Assim como o argentino, ele tinha o contrato válido até o dezembro e acertou o fim de vínculo amigavelmente.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCCañete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.