Joan Monfort/AP
Joan Monfort/AP

Meia da Juventus é multado por promover festa em Turim com Arthur e Dybala

Trio de jogadores será sancionados com valores não divulgados, e ainda serão penalizados pela própria equipe

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2021 | 12h36

Meia da Juventus e da seleção norte-americana, Weston McKennie está sendo multado depois que a polícia foi até a sua casa, em Turim, e interrompeu uma festa que acontecia no local na noite desta quarta-feira. Companheiros de equipe, o argentino Paulo Dybala e o brasileiro Arthur também estavam presentes e serão penalizados.

Além de Dybala e Arthur, outros 20 amigos de McKennie estavam se aglomerando na casa do meio-campista. Festas em geral são proibidas por todo o território italiano como medida preventiva para combater a pandemia do novo coronavírus. Também ocorre um toque de recolher na Itália, onde pessoas são proibidas de ficar vagando pelas ruas das 22 horas até as 5 horas do dia seguinte.

Segundo as informações, a polícia foi chamada por vizinhos do jogador de 22 anos e chegou por volta as 23h30. O trio de jogadores será multado com valores não divulgados, e ainda serão penalizados pela própria Juventus. McKennie, que é o primeiro jogador dos Estados Unidos a defender a "Velha Senhora", chegou à equipe recentemente, em agosto do ano passado. Ele já marcou quatro gols em 24 jogos no Campeonato Italiano, e um sobre o Barcelona, na Liga dos Campeões.

Em uma nota oficial, o defensor italiano Leonardo Bonucci testou positivo para a covid-19 após dois compromissos internacionais. A Juventus diz que ele está bem, em segurança, se recuperando isolado em sua casa em Turim. Os exames foram feitos na manhã desta quinta-feira. Mais cedo nesta semana, outros quatro membros da seleção da Itália também foram contaminados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.